www.portalcarangola.com

O primeiro portal de notícias de Carangola-MG e região.

Portal Carangola

O 1º site de notícias de Carangola e Região

SEMASA quer aumentar em 17% conta de água.

SEMASA pretende reajustar a conta de água e esgoto dos moradores de Carangola em 17%. E a justificativa é muito vaga. Segundo a Autarquia, a justificativa apresentada para isso é que o Semasa tem uma dívida de R$ 1,7 milhões oriunda e outras administrações. O povo que vai pagar essa conta? Inclusive, vários vereadores, pra não dizer quase unanime se pronunciaram contra o reajuste. O primeiro a se pronunciar foi o vereador Patrick Neil. Para ele, a população mal tem dinheiro para comprar o básico, como o gás.
FALA DO VEREADOR PATRICK NEIL:
“Quem vai pagar essa conta somos nós. O povo está sem dinheiro, passando fome, sem remédio e ainda vem um reajuste desses. Com isso, vai faltar comida, vai faltar dignidade, vai aumentar a violência. A população ficará mais eviscerada. E quando eu digo que somos nós que iremos pagar essa conta, é por que somos nós mesmo. Agora não é hora de discutirmos quem desviou dinheiro. Quem cometeu crime tem que ser penalizado, e se ao final do processo for condenado, tem que ser preso, tem que devolver. Que o ministério público tome providências. Não dá pra repassar essa conta pro povo pobre” disse Patrick.
OUTRA INDAGAÇÃO QUE GOSTARIA DE FAZER É UMA INDAGAÇÃO DO VEREADOR JOEL MAIA E É MINHA E CREIO SER DE TODA SOCIEDADE, PRINCIPALMENTE OS MAIS VUNERÁVEIS:
O vereador Joel Maia disse que outra coisa que pode amenizar a situação financeira da Autarquia é uma frota própria. Joel reiterou a solicitação para que o SEMASA, que diga-se de passagem já venceu o prazo para envio dos documentos solicitados por ele, são as cópias do contrato de locação do caminhão pipa; cópia do emprenho e do cheque que foi utilizado para pagar tal serviço. Segundo Joel, o preço do aluguel está acima do valor cobrado pelo mercado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.