www.portalcarangola.com

O primeiro portal de notícias de Carangola-MG e região.

Portal Carangola

O 1º site de notícias de Carangola e Região

Queimada criminosa consome vegetação e atinge cooperativa em Manhumirim.

MANHUMIRIM (MG) – Mais um incêndio criminoso. Dessa vez, o prejuízo foi além da vegetação. O fogo destruiu parte dos materiais recicláveis da Usina de Separação de Resíduos Sólidos da Cooperativa Aguapé, em Manhumirim. O Corpo de Bombeiros de Manhuaçu auxiliou no combate às chamas.

Conforme relato dos cooperados, alguém colocou fogo na vegetação na margem da estrada. Com o tempo seco e os ventos, a chamas se propagaram rapidamente e atingiram a área da usina.

As chamas consumiram parte do material reciclável que estava armazenada no pátio e depois chegou ao galpão de separação dos materiais.

“Os membros da cooperativa relataram que, apesar de tentarem combater o incêndio na vegetação próxima, não foi possível controlá-lo e acabou atingindo o local”, relata o Sargento Alcinei, do Corpo de Bombeiros de Manhuaçu.

O combate direto às chamas durou a tarde toda.  Os cooperados conseguiram fazer a retirada de parte do material até o Corpo de Bombeiros conseguir controlar as chamas. Em seguida, foi realizado o rescaldo com auxílio de uma pá carregadeira e caminhão pipa da prefeitura de Manhumirim para garantir que não houvesse risco de reignição.

Houve danos em uma prensa de fardos de matérias recicláveis, parte de uma esteira utilizada para separação e diversos outros materiais, separados e prontos para a venda, além dos que estavam armazenados.

Visivelmente indignado, um dos responsáveis pela cooperativa, José Weber, relatou que foram momentos difíceis para a entidade. “Essa pessoa à toa, que colocou fogo na vegetação, tem que entender que o vacilo dele causou esse enorme prejuízo para 28 famílias que dependem do trabalho na cooperativa para tirar o sustento diário, além dos danos ao meio-ambiente. (…) Vamos superar, mas é triste passar por tudo isso”.

Informação e fotos:Redação do Portal Caparaó

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.