www.portalcarangola.com

O primeiro portal de notícias de Carangola-MG e região.

Portal Carangola

O 1º site de notícias de Carangola e Região

PROERD forma 2300 alunos na região de Carangola em 2010.

A 75ª Cia Especial da Polícia Militar de Minas Gerais em Carangola, através dos Policiais Instrutores Sgt Eros, Cb Renato e Sd Vital, desenvolveu o PROERD (Programa Educacional de Resistência às Drogas) em toda a região, alcançando um número expressivo de alunos os quais receberam os ensinamentos a respeito dos perigos que o uso e abuso de drogas podem trazer ao ser humano. O Proerd esteve presente nas cidades de Carangola, Orizânia, Divino, Fervedouro, São Francisco do |Glória, Faria Lemos, Pedra Dourada e Tombos, atendendo 48 escolas e um total de 2.300 crianças e adolescentes.

O Proerd tem demonstrado à população que é possível reverter o quadro crescente de jovens que se enveredam no mundo das drogas. Em todas as comunidades onde o Proerd atua, os pais revelam o quanto o programa tem ajudado na boa formação das crianças, conscientizando-as da importância de se ter uma vida saudável e em família.

Em Carangola, a formatura PROERD foi realizada na Escola Estadual João Belo de Oliveira, onde compareceu um público estimado de 1.500 pessoas, que presenciaram um evento ímpar onde a empolgação, a alegria e o entusiasmo das 420 crianças contagiaram o público presente.

O Comandante da Polícia Militar de Carangola, Major André de Sá, não mede esforços para a promoção da paz social, levando ao cidadão de bem todos os programas sociais de que dispõe para a orientação da sociedade, almejando uma vida melhor onde os jovens sejam capazes de fazer sempre as melhores escolhas.

Ofertas:


One thought on “PROERD forma 2300 alunos na região de Carangola em 2010.

  1. Eu respeito todo mundo e gosto que me respeitem tamb m.. .Ap s demonstrar que tem vontade de sair do v cio apesar de por vezes pensar muito para as respostas certinhas o adolescente em momento algum demonstrou abuso mas muita determina o para cometer crimes como o homic dio ocorrido em setembro de 2009 onde horas depois se apresentou sozinho na delegacia e se entregou a pol cia assumindo o crime..A hist ria desse adolescente encerra as entrevistas em um levantamento da situa o que est se tornando constante em diversas cidades do pa s onde o envolvimento com a droga aumenta o n mero de homic dios e tira das fam lias adolescentes a cada dia mais novos para o uso e at comercializa o principalmente de crack..Em Muria entidades est o se unindo para tentar minimizar o problema que envolve a administra o municipal pol cia militar civil corpo de bombeiro institui es diversas e membros da sociedade.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.