www.portalcarangola.com

O primeiro portal de notícias de Carangola-MG e região.

Portal Carangola

O 1º site de notícias de Carangola e Região

Estado quita pagamento do 13º salário de 100% do funcionalismo público.

Governo de Minas quitou, nesta sexta-feira (9/4), o pagamento do 13º salário de 100% do funcionalismo público mineiro, incluindo servidores ativos e inativos. A quitação do abono natalino referente a 2020 começou em dezembro do ano vigente, quando 39% dos servidores estaduais receberam integralmente o benefício.

O governador Romeu Zema destacou o empenho de sua gestão para honrar os compromissos com o funcionalismo. “Pegamos um Estado quebrado, mas essa é uma gestão focada na eficiência e comprometida em encontrar soluções para os problemas. Continuamos fazendo tudo o que está ao alcance para que os servidores possam receber em dia”, afirmou.

Parcelas

A primeira parcela do abono natalício, no valor de R$ 2 mil, foi paga no dia 23 de dezembro de 2020, quitando integralmente o benefício para 39% do funcionalismo estadual. Nos últimos anos, nenhuma parcela do benefício havia sido paga no ano vigente para todos os servidores.

Nos meses de janeiro, fevereiro e março de 2021 também foram depositadas parcelas de até R$ 2 mil para os servidores que ainda tinham valores a receber. Nesta sexta-feira (9/4), o pagamento de todos os funcionários públicos foi concluído.

Receitas extras

O pagamento foi viabilizado a partir do empenho fiscal e de gestão do Governo de Minas, além da entrada de recursos extraordinários no caixa do Estado, como os decorrentes da Lei Kandir.

Histórico

Além de herdar dívidas bilionárias com os municípios e fornecedores, o governador Romeu Zema teve que assumir, no início de sua gestão, em 2019, o pagamento do 13º do funcionalismo estadual referente a 2018 – não efetuado pela administração anterior. O benefício foi quitado em outubro de 2019. Já em 2020, o pagamento do 13º salário referente a 2019 foi quitado em maio.

Informação: SEC. GERAL – Sup. Central de Imprensa

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.