www.portalcarangola.com

O primeiro portal de notícias de Carangola-MG e região.

Portal Carangola

O 1º site de notícias de Carangola e Região

Divino: Suspeitos de Sequestro são presos pela Polícia Civil.

Polícia Civil deflagra nesta manhã a Operação Ponto Cego e prende dois suspeitos (I.M., de 39 anos e M.V.V., de 24 anos) de envolvimento em sequestro praticado na noite do dia 05/09/2021 no município de Divino, além de dar cumprimento a 4 (quatro) mandados de busca e apreensão domiciliar nas cidades de Divino e Fervedouro.

Na noite do dia 05/09/2021 um jovem de 31 anos (G.O.L.) e sua mãe de 56 anos (M.E.O.L.), ambos moradores do Córrego Taquaraçu, Zona Rural do município de Divino/MG, foram abordados por criminosos armados enquanto chegavam à casa por volta das 23 horas da noite.

Os meliantes, após estudarem a rotina da vítima, que aos domingos passava o dia na casa de sua namorada e retornava à casa durante a noite, onde sua mãe sempre estava, planejaram sequestrá-la assim que estivesse chegando em sua residência. Assim, quando a vítima estivesse no cativeiro, faria contato com sua genitora para pagamento do resgate.

Ocorre que, no momento da abordagem, que ocorreu há alguns metros da casa da vítima, inusitadamente sua mãe M.E.O.L. também se encontrava no interior do veículo, o que fugiu a rotina e surpreendeu os criminosos que, mesmo assim, decidiram continuar na execução do plano.

Destarte, ordenaram que ela descesse do carro e fosse imediatamente para casa, enquanto levaram G.O.L. refém em seu próprio carro, que passou a ser conduzido por um dos criminosos, enquanto o outro mantinha tal vítima rendida sob a mira de uma arma de fogo.

Após os criminosos levarem a referida vítima ao cativeiro situado no Córrego dos Limas em uma casa abandonada, divisa entre os municípios de Divino e Carangola, os mesmos começaram a forçá-lo a desbloquear seu telefone celular para fazer contato com sua mãe a fim de exigir o valor do resgate, contudo foram novamente surpreendidos agora pelo fato de o local não ter cobertura de antena de celular, o que impossibilitou o contato da vítima refém com sua mãe para repasse de orientações e exigências de pagamento de certa quantia em dinheiro para sua liberdade, sem envolvimento da Polícia.

Durante esse ínterim os criminosos acabaram por se descuidar do refém, o qual conseguiu cortar a corda que amarrava suas mãos a um banco e aproveitou para fugir, embrenhando-se em meio a lavoura de café que fica ao redor da casa abandonada usada como cativeiro.

No dia do crime, desde as 23h e 30m da noite do crime, enquanto a vítima era mantida refém pelos criminosos, as policias civil e militar realizaram buscas e cerco bloqueio a fim de localizá-lo.

Já na madrugada do dia 06/09/2021, após o carro levado com a vítima ter sido localizado queimado no Córrego Retiro, que liga o Distrito de Ponte Alta ao Córrego São Roque, pouco tempo depois, a vítima mantida refém também foi localizada há alguns quilômetros dali descendo do local onde os criminosos haviam usado como cativeiro.

A partir daí a Polícia Civil direcionou toda atenção as investigações a fim de identificar os suspeitos e apurar toda conduta criminosa por eles praticada, sendo certo que após exaustivas diligências realizadas através de comprometido trabalho de inteligência policial, conseguimos informações dando conta do envolvimento dos suspeitos presos na manhã de hoje.

As investigações revelaram que os suspeitos presos hoje teriam planejado juntos o crime e arrumado um terceiro criminoso, até o momento não identificado, para que esse conduzisse a abordagem e todos os diálogos com a vítima, evitando que esta reconhecesse a voz de algum dos criminosos locais, posto que logo após a abordagem cuidaram de tapar sua cabeça com um saco.

A Polícia ainda acredita que o suspeito preso hoje, morador do Taquaraçu, ficou responsável por planejar todo o crime, tal como local e horário da abordagem, rota, local do cativeiro etc.

Após a Polícia Civil ter coletado diversos elementos de informação referentes a autoria e materialidade, o Dr. Cristiano Silva de Almeida, Delegado de Polícia responsável pelo caso, representou ao Juízo Criminal pela prisão Cautelar dos dois suspeitos e outros 4 mandados de busca e apreensão os quais foram cumpridos hoje.

Os presos foram encaminhados ao Presídio de Carangola onde permanecerão a disposição da Justiça, e a Policia Civil irá aprofundar as investigações a vim de realizar a completa elucidação do caso e identificação dos demais envolvidos.

O nome dado a operação é uma alusão ao local escolhido pelos criminosos para ser usado como cativeiro que, embora fosse bem escondido e possuir mais de uma rota de fuga, acabou se revelando uma péssima opção aos criminosos, visto que a localidade não dispõe de bom sinal de antena de aparelho celular, o que acabou por atrapalhar a dinâmica criminosa planejada pelos sequestradores.

Participaram da Operação Ponto Cego os policiais civis, Delegado de Polícia, Dr. Cristiano Silva de Almeida e os Investigadores de Polícia, Mara Cristina Furtado, Flávio Luiz da Silva, Jardel Ferreira de Souza, Deyvid Cesar Figueiredo Valente e Rodrigo da Silva Rocha.

Fonte: Divino Notícias com Informações Polícia Civil

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.