www.portalcarangola.com

O primeiro portal de notícias de Carangola-MG e região.

Portal Carangola

O 1º site de notícias de Carangola e Região

Comissão estará em Manhuaçu nesta terça(8) para debater prevenção às drogas.

assembleiaDeputados querem conhecer realidade local e dificuldades enfrentadas para o combate às drogas e tratamento de dependentes.

Manhuaçu (Zona da Mata) recebe nesta terça-feira (8/4/14) a Comissão de Prevenção e Combate ao Uso de Crack e outras Drogas da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG). O objetivo dos parlamentares é conhecer a realidade enfrentada pela população, por autoridades e comunidades terapêuticas que atuam na região. A audiência pública sobre o assunto será às 9h30, na Câmara Municipal (Rua Hilda Vargas Leitão, 141 – Centro).
“Infelizmente a questão das drogas tomou conta de todo o Estado. Por isso, temos buscado discutir com a população e as autoridades as dificuldades na prevenção, combate e tratamento e propor soluções ao governo”, comenta o deputado Vanderlei Miranda (PMDB), autor do requerimento para a audiência. Na avaliação do parlamentar, embora existam alguns programas nos âmbitos estadual e federal, os investimentos na área ainda são insuficientes. De acordo com ele, muitas cidades não possuem centros de internação para menores infratores. Além disso, conforme o deputado, em muitos municípios é necessário ampliar a rede de atendimento por meio da criação de comunidades terapêuticas.
Desde 2013, a comissão já percorreu 17 municípios do interior do Estado e também foram feitas várias reuniões em Belo Horizonte para debater o enfrentamento do crack e outras drogas em Minas Gerais.
Convidados – Para a audiência de Manuaçu, foram convidados o prefeito Nailton Cotrim Heringer; o presidente da Câmara Municipal, Maurício de Oliveira Júnior; os juízes Daniela Bertolini Rosa Coelho, Maurício Navarro Bandeira de Mello, Marco Antônio Silva e Patrícia Bitencourt Moreira; o subsecretário de Estado de Políticas sobre Drogas, Cloves Benevides; o comandante do 11º Batalhão da Polícia Militar, tenente-coronel Wanderson Santiago Barbosa; o delegado regional de Polícia Civil, Wellington Moreira de Oliveira; os promotores Alice de Mello Vilela, Carlos Samuel Borges Cunha, Fábio Santana Lopes e Geannini Maelli Mota Miranda; o defensor público Roberto Gomes Pereira Neto; a presidente regional da Federação Nacional das Comunidades Terapêuticas Católicas e Instituições Afins, Ana Martins Godoy Pimenta; e o presidente da Federação de Comunidades Terapêuticas Evangélicas do Brasil, Wellington Antônio Vieira.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.