Site icon Portal Carangola

Campos dos Goytacazes poderá perder parte de sua História

Prédio do Liceu de Humanidades de Campos (R Avelino) Foto do Site www.fmanha.com.br

Contando com a presença do Imperador D. Pedro II, o Liceu de Campos dos Goytacazes RJ, foi inaugurado em 11 de abril de 1847, e hoje precisa ser restaurado com urgência porque a cidade poderá perder grande parte de sua história.

O apelo vem de alunos e funcionários do Liceu de Humanidades, onde funciona uma Escola Secundária, para o Programa Mão Amiga, apresentado por Marianna Portugal e Teógenes Nazaré, na TV Catuaí Afiliada Rede Minas em Manhuaçu MG e sites Parceiros. O primeiro colégio sempre funcionou em instalações provisórias. O segundo cessaria este ciclo itinerante em 1883, quando figuras proeminentes da cidade mobilizaram-se e angariaram fundos para a instalação do educandário em uma sede definitiva. Com 14 contos de réis angariados da população e 11 doados pela Câmara municipal, em 12 de dezembro daquele ano, a comissão arremata em leilão, o palacete de estilo neoclássico do espólio de José Martins Pinheiro, o Barão da Lagoa Dourada, um dos mais ricos edifícios da cidade naquela época. O solar foi construído entre 1861 e 1864 para abrigar a família do nobre até a fatalidade de seu suicídio. A instalação no prédio deu-se no dia 1º de março de 1884.

Alunos do Liceu de Humanidades de Campos dos Goytacazes

Segundo o estudante Luan Magab, que cursa o 3º ano do ensino médio ” o Liceu é um Patrimônio Histórico que deveria ser olhado com mais carinho pelas autoridades competentes do Estado do Rio de Janeiro, e não pode demorar muito, porque ele não resistirá por muito tempo, o prédio encontra-se muito sensível, deve ser olhado com muito cuidado, veremos se com o apoio deste novo governo, o Liceu seja olhado com dignidade, pois trata-se de um acervo cultural, e escola não somente para nossa comunidade, más também, jovens de outros estados” . Conclui Luan.

Para a estudante do 2º ano, Juliana Abreu ‘ o Liceu de Humanidades, deve ser reformado o quanto antes, porque, além de perdermos parte de nossa história, poderá acontecer uma tragédia com os alunos que aqui estudam, devido o estado deplorável em que se encontra a construção, espero que o novo Governo olhe tudo isso com mais carinho, nós só queremos o bem de nosso estado, preservando tudo de bom que aqui existe”. Conclui Juliana.

O funcionário do Liceu, Carlos Henrique Ribeiro, lamentou tudo isso que está acontecendo com a Instituição que se encontra muito defasada, “trata-se de uma Escola tradicional, o Estado deve investir mais aqui, a estrutura é boa, más é muito antiga, aqui serviu de moradia para um Barão, isso mostra sua importância para a cidade de Campos os Goytacazes, a diretora Celina Barbosa Mateus, juntamente aos diretores adjuntos, cumpre bem o seu papel, faz tudo que pode, aqui já lecionou durante muito tempo, e hoje direciona a Instituição, é uma pessoa que ama este lugar, as vezes sinto que ela fica muito triste, vendo toda esta história se esvaindo, por isso, acho que os nossos governantes devem fazer algo com urgência, antes que seja tarde demais. O Liceu não pode acabar”, conclui Carlos Henrique.

Reportagem: Teógenes Nazaré

Ofertas


Sair da versão mobile