Vítima do acidente com a Viação Rio Doce deixa o hospital

Após perder a esposa Maria de Lourdes Soares Ker, vítima do acidente com o ônibus da Viação Rio Doce que havia saído de Manhuaçu com destino a Governador Valadares na última quinta feira (27) por volta  das três horas da tarde, o Sr. Saulo Ker, residente em Manhumirim MG, recebeu alta no Hospital Cézar Leite de Manhuaçu, onde havia sido internado.
Sônia Guerra de Melo, cunhada da falecida  disse que o casal era muito amoroso e de ótima convivência com os familiares, “minha cunhada estava muito contente, porque iria visitar as duas filhas médicas residentes em Governador Valadares, o casal iria passar 15 dias com a familia, tudo estava programado para eles saírem  mais cedo, e ela resolveu ir mais tarde, apanhou um taxi em Manhumirim, e foi pegar o ônibus em Manhuaçu, após o embarque, aconteceu o acidente onde ela veio a perder a vida, minha cunhada iria completar 75 anos no dia 1º de março, concluiu Sônia.

O acidente ocorreu no KM 570  próxima entrada do Distrito de São Sebastião do Sacramento na BR 116. Dezessete pessoas, incluindo motorista e trocador que ficaram feridos, equipe dos bombeiros de Manhuaçu, Santa Rita de Minas e Caratinga foram acionados para socorrer as vítimas, sendo obrigado utilizar o desencarcerador para remover a lataria, já que havia pessoas  presas as ferragens, o local era de difícil acesso. Conforme os bombeiros,  o veículo saiu da pista e desceu uma ribanceira parando somente no meio de uma várzea.

Dona Marcilene, moradora de Dom Correa já estava próximo a desembarcar, quando aconteceu o acidente, ela viu tudo desde o primeiro momento, sendo a última vítima a ser retirada, já que sua perna direita ficou debaixo do ônibus, a sorte dela foi que perna afundou no solo da várzea onde tombou, enquanto que a esquerda ficou dentro. Foi preciso que os bombeiros levantassem o veículo com um cabo de aço para que pudesse sair.

Ela relata os momentos de aflição: “Eu não conseguia sentir a minha perna, eu só gritava de dor, pensei que tinha quebrado a perna toda, quando eles me tiraram de lá e estenderam a minha perna, aí que eu foi sentir ela e a dor foi aumentando, foi um sensação esquisita demais, Deus que me livre, não gostaria que acontecesse de novo, nunca imaginei que iria acontecer um negócio desse comigo.” disse Marcilene, que nos contou momentos antes um fato inusitato que após o ônibus cair na canaleta e descer a ribanceira, ele bateu em uma arvore e  que na primeira virada, seu esposo Paulo Cesar Videira, 41 anos foi lançado para fora pelo vidro da frente caindo ao solo e se levantando de imediato, correndo atrás do veículo morro a baixo para socorrer a esposa que tinha ficado dentro: “ Quando ele chegou lá em baixo tinha 05 pessoas em cima de mim, inclusive a senhora que morreu. comentou Marcilene.

Segundo relatos, a pista estava molhada e que isso pode ter ocasionado o acidente, cabe a  perícia, a investigação real., foram necessários dois caminhões guinchos para retirada do veículo.

Redação MG Notícias – Texto J.Oliveira – Fotos: Carlos Giovani/Portal Vila Nova – 30/01/11

Fonte: http://mgnoticias.com.br


Ofertas



Sobre o Autor

has written 4496 stories on this site.

Webmaster do Portal Carangola. admin@portalcarangola.com

Escreva seu comentário

Gravatar são pequenas imagens que podem mostrar sua personalidade. Você porde pegar o seu gravatar grátis!

Seu nome e email serao checados,se não forem validos, seu comentário não será publicado

Seu email será CHECADO mas não será divulgado

Copyright © 2020 Portal Carangola . All rights reserved. Powered by Webmaster webmaster@portalcarangola.com