Sinal – Mônica Pimentel

feriasFérias, enfim elas bateram à porta da minha vida e embora sem poder viajar para lugares distantes, pude me retirar para um descanso semanal em lugares vizinhos, porém muito aconchegantes. Casa de bons amigos, fazendas de mesa grande e farta na cozinha, onde o alimento tem sabor de sagrado. Ausentar-me de minha cidade, fez-me refletir bastante, não apenas sobre os amigos, meu lar, família, cidade, mas sobre o valor de pararmos com nosso ativismo e termos um tempo para observar os detalhes da vida.

Detalhes que podem ser observados em qualquer cidade, de Carangola ao lugar mais distante que seu pensamento alcançar. Quais são esses detalhes? Um pássaro brincando com outro na varanda de alguma casa; o tom rosado da nuvem em fim de tarde encontrando o azul celeste e o verde das montanhas; a criança brincando em sua inocência e olhando desconfiada para quem a espia; os cães encolhidos na grama macia, tentando se aquecer no inverno de julho; o detalhe pode ser escrever para um amigo distante e contar-lhe a vida vivida e povoada de saudade; detalhe é a visita a um doente que espera ser lembrado.

Pare, respire um pouco, respire ares novos, olhares novos, sonhos novos. Não se afunde em trabalho como se ele acrescentasse dias a mais em sua vida. Sim, ele é necessário, mas os amigos, as noites estreladas, as brincadeiras, as conversas jogadas fora, noites bem dormidas, o fazer nada, também são necessários para nosso físico e espírito.

Estar com Deus, contemplá-lo no irmão, na natureza, orar ou se ser um ateu se for seu caso (triste caso ao menos para mim), mas tudo isso, vivendo um dia de cada vez, entendendo que parar é preciso e é possível, seja por segundos, minutos, horas, dias, meses.

Tente viver em sal vida a regra dos sinais de trânsito, pode ser uma experiência interessante e educadora.

A canção abaixo citada e interpretada pelo grupo musical mineiro 14 Bis, pode nortear nossa vida e servir de convite para quem chegou no Pare :

Olhe, oooh venha, solte seu corpo no mundo
Dance cada instante, brinque comigo de novo

Nessa estrada um pé nas nuvens outro pé noutro lugar
Uma saudade, uma viagem onde vai meu coracão

Saiba como ser livre todo momento da vida
Viva cada instante dia após dia, após dia

Nessa estrada um pé nas nuvens outro pé noutro lugar
Uma saudade, uma viagem onde vai meu coracão

Sobre o Autor

has written 4495 stories on this site.

Webmaster do Portal Carangola. admin@portalcarangola.com

Escreva seu comentário

Gravatar são pequenas imagens que podem mostrar sua personalidade. Você porde pegar o seu gravatar grátis!

Seu nome e email serao checados,se não forem validos, seu comentário não será publicado

Seu email será CHECADO mas não será divulgado

Copyright © 2020 Portal Carangola . All rights reserved. Powered by Webmaster webmaster@portalcarangola.com