Semana Nacional Do Excepcional É Comemorada Com Sucesso Em Manhuaçu

defaultCom o tema: “Quebre a resistência e tome uma atitude: construa acessibilidade para a pessoa com deficiência intelectual”, a Rede Apae (Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais) promoveu, de 21 a 28 de agosto, a Semana Nacional do Excepcional.
Em Manhuaçu, as comemorações aconteceram na Sede do novo Centro de Convivência considerado uma das maiores obras das APAEs de Minas Gerais. Segundo o Presidente da APAE de Manhuaçu Renato César Von Randow: não tem sido fácil os investimentos aplicados na grande obra, más vale a pena ver o sorriso de cada aluno ao participar das comemorações este ano, e já usufluindo o seu próprio espaço, para mim isso é muito gratificante, eu tenho muito a agradecer todos os colaboradores do Tele-Apae, aqui tem um pedacinho de cada um deles.
A Diretora da APAE de Manhuaçu Tânia Maria, também falou de sua alegria em estar compartilhando juntamente aos alunos destes dias agradabilíssimos com recreação com participação da faculdade do futuro, oficinas para pais e alunos, gincanas, apresentação do grupo circense 4 ases, carreata e manhã e tarde dançante.
Desde sua instituição em 1964 a Semana é promovida anualmente e cria uma grande mobilização nacional em torno das pessoas com deficiência. Além disso, permite uma maior sensibilização e conscientização da população brasileira e dos governos em favor da busca pela garantia de direitos da pessoa com deficiência, e de sua inserção efetiva nos contextos social, cultural, educacional e político do cenário nacional.
A acessibilidade para o deficiente intelectual
Muitos acreditam que a acessibilidade para o deficiente inclui apenas as rampas, elevadores, banheiros adaptados e barras de apoio. Tudo isso é muito importante, mas acessibilidade também significa fazer parte, conviver e, claro, ter acesso. E para uma pessoa com deficiência ter tudo isso, ela precisa de algo essencial: a mudança de atitude da sociedade.
Qualquer um de nós cria acesso para nossos amigos, colegas de trabalho, familiares e até desconhecidos. Com o deficiente intelectual não é diferente: ele também precisa de amizade, credibilidade e carinho.
Por isso, a campanha de comunicação da Semana Nacional do Excepcional deste ano provoca a sociedade a tomar uma atitude, quebrar as barreiras e construir também a acessibilidade para a pessoa com deficiência intelectual.
Criada pela premiada agência brasiliense Bees Publicidade, a campanha conta com diversas peças de comunicação: spot para rádio, cartaz, panfleto, outdoor, anúncios de jornal, revista e internet.
Dentre as possibilidades de ação, com base no tema da acessibilidade, a Fenapaes sugere algumas ações que podem ser amplamente empreendidas em cada Apae, com criatividade e profundidade, de forma a explorar o importante papel que as pessoas com deficiência têm na ocupação de espaços individuais, coletivos, políticos e estratégicos, na busca do acesso e respeito aos seus direitos.
Apaes de todo o Brasil mobilizam suas comunidades com várias atividades: ações inclusivas, de fortalecimento do vínculo com as famílias; formação de lideranças; ações de controle social; qualificação profissional; promoção da saúde; socialização; divulgação; eventos culturais e artísticos.
Para comemorar os 20 anos da Apae-DF, a entidade, em parceria com a Federação Nacional das Apaes, irá promover um seminário durante a Semana Nacional do Excepcional na Câmara dos Deputados. Nos dias 20 e 21 de agosto a Câmara dos Deputados irá ceder espaço para a realização de palestras e discussões sobre a deficiência intelectual, tratando de temas como a família, autogestão e protagonismo social, educação profissional, dentre outros assuntos de grande relevância para a criação de uma sociedade justa e igualitária. Além das palestras, estão previstas apresentações de teatro e musica de alunos da Apae do Distrito Federal.
Segundo o Presidente da Federação Nacional das Apaes, Eduardo Barbosa, a comemoração tem o objetivo de reforçar a importância das leis e das políticas públicas na promoção da garantia da igualdade social, mas adverte que a atitude de cada um de nós é muito importante para uma mudança efetiva. “A idéia de escolher acessibilidade como tema do ano, tem nos trazido bons indícios de que no cotidiano as palavras acessibilidade, igualdade de oportunidades e inclusão vem sendo usadas como sinônimos. No entanto, é bom ficarmos atentos, uma vez que na prática, criar oportunidades iguais, nem sempre implicará em acessibilidade e/ou inclusão”, ressalta.
A Apae
Presente há 54 anos no Brasil, a Rede Apae (Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais) é uma organização social, com foco de atuação na prestação de serviços e na defesa de direitos das pessoas com deficiência, prioritariamente a deficiência intelectual. É constituída por 2.047 Apaes, 23 Federações Estaduais e uma Federação Nacional
Reportagem: Teógenes Nazaré

Sobre o Autor

has written 4495 stories on this site.

Webmaster do Portal Carangola. admin@portalcarangola.com

Escreva seu comentário

Gravatar são pequenas imagens que podem mostrar sua personalidade. Você porde pegar o seu gravatar grátis!

Seu nome e email serao checados,se não forem validos, seu comentário não será publicado

Seu email será CHECADO mas não será divulgado

Copyright © 2020 Portal Carangola . All rights reserved. Powered by Webmaster webmaster@portalcarangola.com