Santa Margarida – Campanha tem confronto com tiros e fogo.

A cidade de Santa Margarida foi palco de um conflito na tarde deste domingo, 23.
Apoiadores de um candidato promoveram quebradeira, atiraram pedras em carros e casas e botaram fogo em uma barricada com pneus velhos e madeira na Praça Cônego Arnaldo, no Centro. Houve disparos de tiros no meio da confusão e a Polícia Militar teve que reforçar o policiamento para evitar o confronto entre os dois grupos.
Segundo a Polícia Militar, uma carreata foi programada pela coligação Novos Tempos. Enquanto se aproximavam do centro, dando suporte ao movimento, os policiais militares notaram a aglomeração de correligionários da coligação “O compromisso continua” se aglomerando na praça. Pessoas empunhavam pedaços de pau e pedras.
Para evitar um confronto, policiais impediram a continuidade do deslocamento da carreata e solicitaram apoio das equipes militares de cidades vizinhas. Nas negociações, o grupo que fechava a praça dizia que não iriam liberar a passagem. Durante esse intervalo, algumas pessoas formaram uma barricada com pneus velhos e pedaços de madeira e colocaram fogo.
Os policiais colocaram as viaturas para bloquear a rua e impedir qualquer tentativa de deslocamento dos veículos da carreata em direção ao centro. Como os ânimos foram ficando exaltados, alguns correligionários da coligação “O compromisso continua” tentaram transpor o bloqueio policial para chegar à coligação adversária. A PM teve que conter os manifestantes e novos reforços foram chamados.
Somente após novas negociações com a presença do Capitão Adenilson, comandante da 72ª Companhia de Polícia Militar, os grupos foram se acalmando e cedendo até que o povo se dispersou.
Durante todo o episódio, manifestantes atiraram pedras em carros, pessoas e casas do outro grupo. Uma criança chegou a ser ferida por conta de uma das pedras que quebrou o vidro do carro em que ela estava. A PM identificou quem arrumou os pneus, o veículo para carrega-los, alguns que atiraram pedras e outros que incitaram a violência. Os ataques foram dos dois grupos, já que foram identificadas ações iniciais e o revide nos dois lados.
Em determinado momento, um veículo chegou com algumas pessoas e fez disparos em direção aos manifestantes. As balas atingiram o muro da igreja católica e não feriram ninguém.
Apesar de ter nomes de suspeitos, a PM não conseguiu chegar aos autores dos disparos. A Polícia Militar calcula que cerca de cinco mil pessoas estavam presentes na confusão generalizada.
Todos os fatos, imagens e registros serão encaminhados pela Polícia Militar para a Justiça Eleitoral de Abre Campo.

Fonte:Portal Caparaó


Ofertas clique aqui


[vitrine]cameras[/vitrine]

Sobre o Autor

has written 4496 stories on this site.

Webmaster do Portal Carangola. admin@portalcarangola.com

Escreva seu comentário

Gravatar são pequenas imagens que podem mostrar sua personalidade. Você porde pegar o seu gravatar grátis!

Seu nome e email serao checados,se não forem validos, seu comentário não será publicado

Seu email será CHECADO mas não será divulgado

Copyright © 2020 Portal Carangola . All rights reserved. Powered by Webmaster webmaster@portalcarangola.com