Qual o seu conceito de Natal???

Mesmo que eu defenda a tese de que historiador não é sinônimo de calendário e muito menos de enciclopédia, vejo a comemoração do Natal como uma data curiosa e instigante para a História.

Antes mesmo da nossa atual realidade, onde observamos o intuito totalmente comercial e capitalista, essa data foi motivo de dor de cabeça para a Igreja ao longo dos tempos.

Se pesquisarmos a origem do termo segundo alguns estudiosos, veremos as seguintes versões:

‘‘Natal: Do latim ‘natális’, derivada do verbo ‘nascor, nascéris, natus sum, nasci’, significando nascer, ser posto no mundo. Como adjetivo, significa também o local onde ocorreu o nascimento de alguém ou de alguma coisa. Como festa religiosa, o Natal, comemorado no dia 25 de dezembro desde o Século IV pela Igreja ocidental e desde o século V pela Igreja oriental, celebra o nascimento de Jesus e assim é o seu significado nas línguas românicas – italiano ‘natale’, francês ‘noël’, catalão ‘nadal’, espanhol ‘natal’ (navidad), português ‘natal’.’’

‘‘Em inglês, a palavra que dá origem ao Natal (Christmas), provém das palavras latinas ‘Cristes maesse’, significando em inglês ‘Christ’s Mass, missa de Cristo. Muitos historiadores localizam a primeira celebração em Roma, no ano 336’’

A celebração do Natal foi oficialmente instituída pelo Papa Libério, no ano 354. Antes do referido período, não era costume comemorar o aniversário de Cristo de uma forma organizada, pois não sabiam ao certo a sua data de nascimento.

Segundo algumas pesquisas, as primeiras versões sobre a suposta data do nascimento de Cristo são variadas, sendo a mais considerada a partir do relato deixado por Sexto Julio Africano no ano de 221, onde o mesmo afirma o nascimento de Jesus no dia 25 de Dezembro.

Algumas outras versões afirmam que Jesus não nasceu no dia 25/12. Segundo elas, a Igreja, para não proibir as festas pagãs, realizadas por vários povos europeus que comemoravam o ‘‘Solstício de Inverno’’, instituiu a data para ‘‘cristianizar’’ as comemorações, evitando assim o paganismo.

Se analisarmos com cautela, perceberemos que o paganismo não se alterou muito em relação aos tempos atuais. Além dos fatores comerciais e capitalistas que já foram citados aqui, vemos em sua grande parte uma comemoração mais consumista do que temática. Muitos presentes, consumação e grande demonstração de hipocrisia são os principais fatos observados nessa época.

Além disso, quantas pessoas não são obrigadas a troco de nada, a trabalharem no comércio até altas horas, por conta de empresários exploradores?

Fica aqui um convite aos leitores. Que tal revermos a nossa concepção de Natal? Comemoramos e vivenciamos algum espírito natalino?

Infelizmente, o nascimento de Cristo é a ultima coisa a ser celebrada ultimamente.

Ainda estamos em tempo de repensar essa data.

Um Feliz Natal para todos!!!

Sobre o Autor

has written 6 stories on this site.

Randolpho Radsack - Historiador, Professor, Músico e Pós-Graduado em História do Brasil - Sociedade, Política e Cultura. Atualmente é membro do Conselho do Patrimônio Histórico e da Juventude do Município de Carangola-MG.

One Comment on “Qual o seu conceito de Natal???”

  • Rodrigo Biasibetti wrote on 19 dezembro, 2008, 14:19

    É a mais pura verdade. Nos dias de hoje, a celebração do natal se tornou algo mais comercial e capitalista. O verdadeiro motivo, o nascimento de Jesus, parece que foi esquecido por todos, que só se interessam em dar presentes nos “comes e bebes”; entretanto, o que você citou no final do seu artigo, sobre aqueles que trabalham até altas horas no comércio por conta de empresários exploradores é, também, a mais pura verdade, eu sei bem o que é isso.

Escreva seu comentário

Gravatar são pequenas imagens que podem mostrar sua personalidade. Você porde pegar o seu gravatar grátis!

Seu nome e email serao checados,se não forem validos, seu comentário não será publicado

Seu email será CHECADO mas não será divulgado

Copyright © 2014 Portal Carangola . All rights reserved. Powered by Webmaster webmaster@portalcarangola.com