Processo eletrônico é implantado em Manhuaçu.

xPJE-LogoA partir da próxima segunda-feira, 3 de agosto, a tramitação processual, desde a petição inicial à publicação de despachos e sentenças, será realizada em meio eletrônico nas comarcas de Juiz de Fora e Manhuaçu. Trata-se da implantação do sistema PJe-CNJ 1ª Instância, que, até o primeiro semestre de 2016, informatizará toda a movimentação processual nas comarcas de entrância especial do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG).

Em Manhuaçu o PJe-CNJ 1ª Instância será implantado nas 1ª e 2ª Varas Cíveis, na 2ª Vara Criminal, de Execuções Penais e de Cartas Precatórias Cíveis, na 1ª Vara Criminal, da Infância e da Juventude e de Execuções Fiscais.

O juiz diretor da comarca de Manhuaçu, Vinícius Dias Paes Ristor, disse que a expectativa quanto aos bons resultados do processo eletrônico é grande. Para ele, o PJe-CNJ 1ª Instância vai permitir a condução mais ágil do processo, o que vai resultar em uma maior produtividade do Poder Judiciário.

Outro fator considerado como positivo pelo juiz é a possibilidade de, a partir de uma análise com base no caminho do processo em um sistema eletrônico, os gestores formularem estratégias mais próximas da realidade.

Processo eletrônico

O Processo Judicial eletrônico (PJe-CNJ 1ª Instância) adotado pelo TJMG pode ser definido como um sistema informatizado que reproduz todo o procedimento judicial em meio eletrônico, substituindo o registro dos atos processuais no papel por armazenamento e manipulação dos autos em meio digital.

No TJMG, o processo eletrônico foi implantado em setembro de 2012 como projeto-piloto nas Varas Regionais do Barreiro, em Belo Horizonte, e está sendo estendido gradativamente para a Justiça Comum de Primeira Instância, conforme cronograma definido pela Presidência.

O processo eletrônico para a tramitação de todas as ações, com exceção para as de competência criminal já foi implantado nas comarcas de Betim, Contagem, Ibirité, Santa Luzia, Ribeirão das Neves, Vespasiano, Conselheiro Lafaiete, Sete Lagoas, Ubá, Barbacena e São João del Rei. As próximas comarcas a contarem com o processo eletrônico são Divinópolis e Montes Claros.

A implantação do PJe-CNJ 1ª Instância está inserida entre as iniciativas estratégicas do TJMG para 2015.

Assessoria de Comunicação Institucional – Ascom TJMG – Unidade Goiás
(31) 3237-1887
imprensa@tjmg.jus.br
facebook.com/TribunaldeJusticaMGoficial
twitter.com/tjmg_oficial

Sobre o Autor

has written 4500 stories on this site.

Webmaster do Portal Carangola. admin@portalcarangola.com

Escreva seu comentário

Gravatar são pequenas imagens que podem mostrar sua personalidade. Você porde pegar o seu gravatar grátis!

Seu nome e email serao checados,se não forem validos, seu comentário não será publicado

Seu email será CHECADO mas não será divulgado

Copyright © 2020 Portal Carangola . All rights reserved. Powered by Webmaster webmaster@portalcarangola.com