Presidente do PMDB de Minas será enterrado neste sábado.

fernandoO corpo do deputado federal e presidente do PMDB em Minas Gerais, Fernando Diniz, será enterrado na tarde deste sábado em Belo Horizonte. O parlamentar de 55 anos morreu na sexta às 15h25 no Hospital Samaritano, em São Paulo, para onde viajou depois de sofrer um mal-estar na quinta-feira, em Brasília. Segundo nota oficial divulgada ontem pelo hospital, Fernando Diniz chegou ao pronto-socorro por volta das 5h em estado de coma causado por duas paradas cardiorrespiratórias.

De acordo com informações de assessores, Fernando Diniz estava sendo submetido a uma cirurgia e sofreu uma parada cardíaca durante uma punção na virilha, sendo transferido para o Hospital Samaritano. O corpo do parlamentar chegaria a Belo Horizonte nesta madrugada para o velório na Assembleia Legislativa. Lideranças do PMDB mineiro e nacional são aguardadas para o enterro.

Natural de Belo Horizonte, Fernando Alberto Diniz, separado e pai de quatro filhos, era empresário e estava na quinta legislatura consecutiva na Câmara dos Deputados. Antes de conquistar o primeiro mandato em Brasilia, ocupou vários cargos públicos, como o de secretário-adjunto de Coordenação Política e da Casa Civil e secretário particular do então governador Newton Cardoso (PMDB) entre 1987 e 1990.

Diniz vinha conduzindo o processo de articulações do PMDB para a disputa das eleições de 2010, quando o partido pretende lançar candidato próprio a governador. Para isso, trabalha com o nome do ministro das Comunicações, Hélio Costa, que defendeu recentemente como candidato à sua sucessão no comando do partido contra a candidatura do deputado estadual Adalclever Lopes. A presidência passa agora a ser assumida pelo atual vice, Zaire Rezende, ex-prefeito de Uberlândia. Na Câmara dos Deputados, assume na vaga de Fernando Diniz o petista Paulo Delgado.

Diálogo A morte do deputado Fernando Diniz foi lamentada pelo governador Aécio Neves (PSDB), que relembrou o seu papel de articulador político e defensor do Norte de Minas. “Estamos todos surpresos, ainda sob o impacto da notícia do falecimento do deputado e amigo Fernando Diniz”, disse em nota oficial, lembrando que Diniz “sempre pautou pelo diálogo, defendendo com serenidade e firmeza suas posições”.

O ministro Hélio Costa também divulgou nota lamentando a morte do companheiro de partido. Segundo ele, foi uma grande perda para Minas e para o Brasil. “Parlamentar atuante, que sempre defendeu os interesses do nosso estado, sua falta será sentida na bancada mineira na Câmara dos Deputados. O PMDB perde uma de suas maiores e mais expressivas lideranças. Seus amigos, que admiravam sua inteligência e competência, lamentam a morte de um companheiro sensível, dedicado e leal”.

Para o presidente do PMDB de Belo Horizonte e deputado federal, Leonardo Quintão, Diniz trouxe desenvolvimento para o partido em todo estado a fim de possibilitar a integração entre as pessoas buscando fortalecer o PMDB com a ampla participação de seus parlamentares, militantes, lideranças e núcleos”.

Estado de Minas

Sobre o Autor

has written 4495 stories on this site.

Webmaster do Portal Carangola. admin@portalcarangola.com

Escreva seu comentário

Gravatar são pequenas imagens que podem mostrar sua personalidade. Você porde pegar o seu gravatar grátis!

Seu nome e email serao checados,se não forem validos, seu comentário não será publicado

Seu email será CHECADO mas não será divulgado

Copyright © 2020 Portal Carangola . All rights reserved. Powered by Webmaster webmaster@portalcarangola.com