Prefeitura de Manhumirim inaugura estação de tratamento de água.

A Prefeitura de Manhumirim inaugurou no dia 9 de maio, uma obra de grande relevância para a população: a Estação de Tratamento de Água-Eta, José Luiz Cantamissa. Participaram da inauguração o Prefeito, Ronaldo Lopes; a Deputada Estadual, Maria Lúcia, o vice-Prefeito, Sebastião Tristão; o Presidente da Câmara, Jésus Antônio Aguiar, o Secretário Municipal de Obras, Júlio Maria Albuquerque; demais Vereadores e Secretários Municipais; o Pastor Presbítero, Sérgio Tavares, além de pessoas da comunidade.

A nova Eta

A nova Estação acaba com um antigo problema: a falta de água com qualidade e em quantidade suficiente para abastecer a zona urbana. Com capacidade para fornecer até 55 litros de água tratada por segundo, a nova Eta tem a tecnologia e equipamentos necessários para o tratamento completo.

Para a construção da Eta, foram gastos 770 mil reais do município, mais 100 mil reais do Estado, totalizando o valor de 870 mil reais, que incluem a construção da Estação em si, da casa de química, os calçamentos, o gramado, a compra de máquinas e equipamentos, a mão de obra, a ligação de energia elétrica e a melhoria da estrutura da caixa d’água. Desde 2005, a Prefeitura buscava recursos junto aos Governos Estadual e Federal para realizar a obra. Mas foi somente com a economia nos gastos do município e com o apoio da Câmara Municipal que conseguiu o valor necessário.

“Durante muitos anos a população de Manhumirim sofreu com o problema do fornecimento de água. Agora, através da economia nos gastos públicos, conseguimos construir esta Estação, que já está totalmente paga e que atenderá durante muito tempo à demanda da nossa cidade”, disse o Prefeito, Ronaldo Lopes.

O Prefeito afirmou ainda em seu discurso que, a partir do momento que o Saae estiver funcionando, o preço cobrado pela água tratada será o menor da região. “Não queremos ter lucro com a água. Queremos apenas que o valor cobrado seja suficiente para pagar os gastos do fornecimento”, afirmou o Prefeito.

Prejuízo da Prefeitura

Atualmente, a Prefeitura de Manhumirim tem um prejuízo anual de cerca de 350 mil reais com o fornecimento de água. A média de consumo diário da população de Manhumirim é de 450 litros por pessoa, sendo que a média mundial é de 150 litros. “Há muito desperdício. A partir do momento que a água for cobrada, as pessoas terão mais consciência da importância de se usar este recurso de maneira mais racional. Ao invés da Prefeitura ter que gastar os cerca de 350 mil por mês com despesas de água, poderemos investir esse dinheiro em outras áreas, como saúde, obras e educação”, explicou.

A população ganha

Toda obra traz benefício para a população. Mas esta em especial é uma grande conquista. Ter um fornecimento de água tratada, em quantidade suficiente é um direito do cidadão. A nova Estação de Tratamento de Água de Manhumirim significa mais saúde e qualidade de vida para a população urbana.

Leila Furtado / Assessora de Comunicação / Prefeitura de Manhumirim

Ofertas: hddesktops

Sobre o Autor

has written 4495 stories on this site.

Webmaster do Portal Carangola. admin@portalcarangola.com

One Comment on “Prefeitura de Manhumirim inaugura estação de tratamento de água.”

  • jose antonio wrote on 4 fevereiro, 2010, 14:29

    gostaria que nao faltasse agua eno bairro de lurde manhumirim que latem muita gente idosa e doente

Escreva seu comentário

Gravatar são pequenas imagens que podem mostrar sua personalidade. Você porde pegar o seu gravatar grátis!

Seu nome e email serao checados,se não forem validos, seu comentário não será publicado

Seu email será CHECADO mas não será divulgado

Copyright © 2020 Portal Carangola . All rights reserved. Powered by Webmaster webmaster@portalcarangola.com