PM prende bando por golpe com cartão em Posto de combustíveis de Fervedouro.

Três homens foram presos pela Polícia Militar, na noite passada (21), acusados de aplicarem golpes em um posto de combustíveis da cidade de Fervedouro, usando um cartão de débito. Os prejuízos ao estabelecimento passam de R$ 4.500,00.
De acordo com a PM de Fervedouro, o golpe se dava da seguinte maneira: coma colaboração de frentistas, o trio passava o cartão no posto, efetuando uma suposta compra, e recebia os valores em dinheiro, que deveriam ser pagos normalmente, através da fatura. Porém, pouco depois as transações eram estornadas junto às operadoras de crédito.
Ontem, os militares foram acionados pelo dono do posto, que recebeu ligações das empresas responsáveis pelas máquinas utilizadas para passar os cartões, sendo informado sobre várias registros de estornos realizados nos últimos dois dias, totalizando R$ 4.639,00.
O empresário desconfiou e descobriu que dois de seus frentistas haviam estornado 11 compras em duas máquinas diferentes, na terça (20) e na quarta-feira (21), com valores quase sempre acima de R$ 400,00 cada.
A polícia checou imagens do circuito interno de segurança do estabelecimento que mostram um dos frentistas entregando uma máquina de cartões aos ocupantes de um carro de cor prata. O mesmo funcionário aparece em outro momento levando a máquina para um ponto fora do alcance das câmeras e retornando instantes depois.
Rastreamentos foram iniciados e o veículo suspeito foi localizado, mas fugiu da PM, pela BR-116, sentido a Muriaé. Militares da cidade de Miradouro foram acionados e conseguiram interceptar o veículo e abordar os três ocupantes, que segundo a PM, disseram ser de Anchieta, no Rio de Janeiro. Com o trio, foram recolhidos cerca de R$ 2.700,00, em dinheiro e telefones celulares.
Os suspeitos tentaram negar o crime, assumindo que efetuaram as transações, mas alegando não terem feiro nenhum estorno. Eles informaram ainda que pagaram os frentistas para que as supostas compras fossem realizadas.
Segundo o registro policial, um dos funcionários do posto assumiu que por duas vezes recebeu dos acusados R$ 50,00 para passar o cartão. Já o outro frentista alegou ter recebido R$ 40,00. Ambos afirmaram não saber que as compras haviam sido estornadas.
No fim das contas, os três suspeitos que estavam no carro e um frentista que aparece nas imagens o circuito interno do posto receberam voz de prisão e foram trazidos para a Delegacia de Plantão, em Muriaé, juntamente com o outro funcionário do posto, conduzido para esclarecimentos.


Fonte : Rádio Muriaé

Sobre o Autor

has written 4438 stories on this site.

Webmaster do Portal Carangola. admin@portalcarangola.com

Escreva seu comentário

Gravatar são pequenas imagens que podem mostrar sua personalidade. Você porde pegar o seu gravatar grátis!

Seu nome e email serao checados,se não forem validos, seu comentário não será publicado

Seu email será CHECADO mas não será divulgado

Copyright © 2020 Portal Carangola . All rights reserved. Powered by Webmaster webmaster@portalcarangola.com