Mais um homicídio em Carangola.

HOMICÍDIO CONSUMADO EM CARANGOLA

No dia 20 de fevereiro de 2010, a Polícia Militar de Carangola foi acionada e compareceu na Avenida Juca de Souza, Varginha, onde a Senhora Diléia Leopoldo, 24 anos, disse que quando saía para o trabalho, se deparou com a vítima, ADAÍLTON GOMES DA SILVA, 52 anos, caído em seu quintal com um corte profundo no pescoço, aparentando já estar sem vida. Segundo a solicitante, a vítima estava em frente a sua casa, na noite anterior, sentada em um banco conversando com algumas pessoas, inclusive o ator, ROGÉRIO DE PAULA, 25 anos e a própria solicitante. Os policiais militares, então, após argüição às pessoas que estiveram com os envolvidos e vizinhos,  empreenderam rastreamento a Rogério de Paula e, cerca de seis horas após o acionamento, Rogério fora localizado, confessou ter esfaqueado a vítima e fora conduzido preso à Delegacia de Polícia Civil. Segundo autor, a vítima estaria devendo R$ 30,00 à sua esposa e quando esta cobrava a vítima, o mesmo ofendia a mulher. Rogério disse que, sentou com a vítima e outras pessoas, esperou ficar sozinho com a vítima e, após a vítima se levantar e lhe dar as costas, aproveitou e deu-lhe uma facada no pescoço. Ao cair, a vítima teve sua boca tampada pelo autor, que lhe desferiu mais quatro golpes. Rogério declarou ainda que não estava alcoolizado, pois queria estar sóbrio para saber o que estava fazendo. Após declarações, autor apontou local onde deixou a arma utilizada, sendo a mesma recolhida e encaminhada para a Delegacia.

AMEAÇA

No dia 21 de Fevereiro de 2010, por volta de 11:50 horas, policiais militares compareceram na Rua Antônio José Guimarães, Ponte Alta, onde, segundo denúncias, SILVANIR JOSÉ DA SILVA, 32 anos, o qual portava uma arma de fogo, e WANDERLEI LUIS BARBOSA, 23 anos, afirmavam que aguardavam a vítima FLAVIANO LINO DE ABREU, 28 anos, para darem fim à sua vida. Populares ainda disseram que no dia anterior, Silvanir e Wanderlei teriam efetuado dois disparos contra a vítima, contudo não conseguiram acertá-la. Além disso, ainda afirmaram que os autores estavam constantemente andando armados e efetuando disparos em via pública. Em contato com a vítima, esta disse à guarnição PM que realmente fora ameaçada pelos indivíduos e que eles dispararam contra ele. Militares deslocaram até a residência de Silvanir, que negou tais fatos, porém, os policiais observaram em sua propriedade uma das duas espingardas localizadas, jogadas ao solo. Silvanir franqueou a entrada dos Policiais Militares, que encontraram um sinalizador marítimo, municiado, duas espingardas, além de cartuchos, munições, pavios, pólvora e artefatos para montagens de armas. Diante dos fatos, foi dado voz de prisão aos autores e conduzidos à Delegacia de Polícia Civil, juntamente com o material apreendido.

Ofertas

Sobre o Autor

has written 4495 stories on this site.

Webmaster do Portal Carangola. admin@portalcarangola.com

Escreva seu comentário

Gravatar são pequenas imagens que podem mostrar sua personalidade. Você porde pegar o seu gravatar grátis!

Seu nome e email serao checados,se não forem validos, seu comentário não será publicado

Seu email será CHECADO mas não será divulgado

Copyright © 2020 Portal Carangola . All rights reserved. Powered by Webmaster webmaster@portalcarangola.com