Manhuaçu – Reunião de Coordenadores destaca atenção primaria.

Equipe de coordenadores da Secretaria Municipal de Saúde, do Governo de Manhuaçu, esteve reunida esta semana, em mais uma reunião mensal de capacitação, informação e planejamento de ações. No total, 25 pessoas participaram do encontro, ocorrido na quarta-feira, 01, no auditório da secretaria.
Durante a reunião foi feita exposição do trabalho desenvolvido pela atenção primária, pela enfermeira especialista em saúde da família Liana Souza Vasconcelos Gonçalves. Coordenadora adjunta no setor, Liana destacou a necessidade de educação permanente dos profissionais, levando novos conceitos em saúde, tratamento de doenças e outras ações de processo de trabalho.
A educação permanente visa capacitar os profissionais para um diagnóstico e tratamento eficaz dentro da problematização da saúde. Isso consequentemente vai proporcionar a melhoria na qualidade da assistência que é prestada aos usuários, fazendo com que se sintam mais acolhidos, melhor atendidos. “Temos conseguido uma assistência mais eficaz ao usuário, tanto no fornecimento dos medicamentos como na consulta médica e participação dos grupos operativos” – destacou Liana.

ESTRUTURA
A estrutura da atenção primária hoje em Manhuaçu inclui 19 equipes de ESF – Estratégia de Saúde da Família. Cada equipe é formada por agentes comunitários de saúde que fazem a visitação aos domicílios, enfermeiro, médico, auxiliar de enfermagem e o assistente administrativo. As equipes cobrem hoje aproximadamente 76% da população do município.
As equipes da atenção primária contam com o apoio do NASF – Núcleo de Apoio a Saúde da Família, que possui profissionais qualificados para trabalhar a educação em saúde. “A gente sempre reforça o discurso da prevenção das doenças e dos agravos que podem surgir. Se o usuário já tem hipertensão ou diabetes, ele vai prevenir uma complicação que essa doença pode causar” – lembrou Liana. “A gente tenta remediar quando o usuário já chega com um problema mas quer fazer também com que ele se sinta participante do processo de cura e até de prevenções para que ele não tenha outras complicações” – concluiu.
Cada uma das duas equipes multiprofissionais do NASF, formada por farmacêuticos, nutricionistas, assistentes sociais, fisioterapeutas, educador físico e psicólogo, é responsável pelo atendimento a oito ESF com os serviços de educação em saúde. A atenção primária conta também com o apoio de uma equipe do PACS – Programa de Agentes Comunitários de Saúde – sediada em Realeza e com pontos de apoio em Manhuaçuzinho e Palmeiras.
Também faz parte da estrutura, a UBS – Unidade Básica de Saúde – do Pedregal que faz a cobertura dos 24% que estão fora das equipes da ESF. A UBS não dispõe de agentes comunitários que fazem a visita domiciliar, apenas médico e enfermeiros para assistência à comunidade. Para o futuro a proposta é de transformação da UBS em ESF, com equipe completa, e ainda o desmembramento do ESF Vilanova com a criação de uma nova equipe”. A população atendida na localidade supera o número mínimo previsto, entre duas e três mil pessoas”, finalizou Liana Vasconcelos.

Secretaria de Comunicação Social de Manhuaçu

Sobre o Autor

has written 4495 stories on this site.

Webmaster do Portal Carangola. admin@portalcarangola.com

Escreva seu comentário

Gravatar são pequenas imagens que podem mostrar sua personalidade. Você porde pegar o seu gravatar grátis!

Seu nome e email serao checados,se não forem validos, seu comentário não será publicado

Seu email será CHECADO mas não será divulgado

Copyright © 2020 Portal Carangola . All rights reserved. Powered by Webmaster webmaster@portalcarangola.com