Manhuaçu integra “Minas Território da Cultura”.

O Governo de Minas Gerais, por meio da Secretaria do Estado de Cultura, pela primeira vez, realiza o programa “MINAS Território da Cultura”. A iniciativa visa a descentralização e regionalização das ações culturais em Minas Gerais, abrangendo a dez macrorregioões do Estado.
O lançamento do programa aconteceu nesta quinta-feira, dia 7 no município de Muriaé. O diretor de Cultura de Manhuaçu, SJ de Moraes, esteve presente no evento, juntamente com o secretário municipal de Agricultura, Indústria e Comércio de Manhuaçu, Eduardo Heringer.
Entre os objetivos do programa estão a valorização e a divulgação da diversidade cultural mineira, a promoção do desenvolvimento regional por meio da cultura, a circulação de bens culturais e a capacitação e aperfeiçoamento dos agentes culturais, além de difundir e aumentar a demanda pelos programas e ações do Sistema Estadual da Cultura.
O “MINAS Território da Cultura” ocorrerá de março de 2013 à junho de 2014. Ele oferecerá cursos de capacitação e formação, palestras, espetáculos, exposições, mostras de cinema e leitura de editais. As ações são articuladas em conjunto com a comunidade e os atores locais, as instituições culturais, os artistas e os produtores.
O programa conta com a parceria de diversas prefeituras, associações comerciais, instituições culturais locais, universidades, Pontos de Cultura e entidades como SESI-MG, SESC-MG e SEBRAE Minas.
IDEIAS E DIVISÕES DO PROGRAMA
O “MINAS Território da Cultura” é estruturado em três grandes eixos que abrangem toda a cadeia produtiva da cultura, como produção, criação, exibição, circulação e formação, além dos agentes relacionados ao setor, também gestores públicos municipais, artistas, produtores e sociedade.
Um dos eixos é as “Dinâmicas Territoriais” compreendem ações voltadas para a discussão e a difusão das políticas públicas de cultura. Nelas estão englobados planos de cultura, programas territoriais e associativismo, mecanismos de financiamento, cultura e urbanismo, programas de fomento, identidade e diversidade cultural, participação social, entre outros. E também ações de capacitação e aperfeiçoamento para gestores e entidades públicas, encontros regionais e seminários.
Destinados aos produtores culturais e artistas, os “Territórios do Saber”, o outro eixo, contemplam ações de capacitação, formação e orientação, tanto na área artística quanto em gestão de cultura. Estão previstas, ainda, a realização de seminários artísticos, o estimulo à criação de Redes e Encontros Regionais e a difusão dos programas de fomento do Sistema Estadual de Cultura.
Os “Territórios Criativos”, terceiro eixo, são destinados à fruição cultural, envolvendo apresentações artísticas e grupos de instituições locais e parceiros, programas do Sistema Estadual de Cultura e a circulação de acervos desse sistema, com artes visuais, cinema, cultura popular, entre outros.
APLICAÇÃO DO PROGRAMA EM MANHUAÇU
Em Manhuaçu alguns projetos serão aplicados, por meio de espetáculos e reuniões para gestores públicos.




[secvitrine/eletronicos/32612]

Sobre o Autor

has written 4496 stories on this site.

Webmaster do Portal Carangola. admin@portalcarangola.com

Escreva seu comentário

Gravatar são pequenas imagens que podem mostrar sua personalidade. Você porde pegar o seu gravatar grátis!

Seu nome e email serao checados,se não forem validos, seu comentário não será publicado

Seu email será CHECADO mas não será divulgado

Copyright © 2020 Portal Carangola . All rights reserved. Powered by Webmaster webmaster@portalcarangola.com