Incêndio criminoso destrói Usina de Lixo de Manhumirim

reciclagemNa madrugada deste sábado (10) um ato criminoso causou sérios danos e prejuízos na Usina de Triagem e Compostagem São Francisco. Por volta das 00:30, quatro homens invadiram a usina, renderam o vigia e o trancaram em um local até atearem fogo no galpão de armazenagem de material recicláveis, refeitório e escritório. No banheiro quebraram vidros das janelas e todos os vasos e pias. No galpão, além de quase 20 toneladas de material reciclável, existia uma prensa hidráulica, ferramentas e um veículo de transporte adaptado para o serviço na usina que ficaram totalmente destruídos. O vigia Lúcio foi libertado após atearem o fogo e o grupo fugiu em seguida.

O local ficou bastante danificado. Ainda não foi feito o levantamento total dos prejuízos mas já se pode adiantar que passam de 50 mil reais. O prefeito Ronaldo Lopes e os secretários José Wéber, Júlio Albuquerque , Edimilson de Oliveira, a vereadora Ana Paula e o vereador Júlio Horst compareceram ao local para ver os prejuízos do Município e da Cooperativa Aguapé, gestora da usina.

reciclagem_099Os cooperados que trabalhavam no local foram logo cedo para ver parte se seus sonhos destruída. “Estávamos num momento bom, depois de passarmos problemas financeiros iniciais e agora acontece um vandalismo desse. Mas nós vamos vencer esse problema…” afirmou Marcos Vinícius Robadel, membro da Cooperativa Aguapé.

Ainda não se sabe quem são os vândalos, mas suspeitas são levantadas de que pode ser por ordem ou com participação de alguém que não concorda com a presença da Usina de triagem e compostagem naquele local. A polícia civil esteve no local e fez a perícia. O prefeito Ronaldo Lopes solicitou atenção especial da Polícia Civil para descobrir os autores de um ato tão destruidor.

A Usina funcionava há um ano no Córrego do Pirapetinga, zona rural de Manhumirim e vinha mostrando ótimos resultados na destinação adequada do lixo. Mais de 100 toneladas de material reciclado já tinham sido separadas e comercializadas. O trabalho na usina gerava renda para 16 trabalhadores da Cooperativa Aguapé, que ao verem a imagem trágica da destruição ficaram emocionados. O funcionamento da usina foi tumultuado pelas fortes chuvas de dezembro o que ocasionou um acúmulo de lixo, mas as autoridades só aguardavam a parada da chuva para resolver o problema. Este problema foi, inclusive, incluído na notificação de desastre enviada à Defesa Civil Estadual.

reciclagem_148O prefeito Ronaldo Lopes reuniu os trabalhadores para manifestar sua indignação com o ato que destruiu um patrimônio público e também o fruto do trabalho da cooperativa. Disse que amanhã mesmo máquinas e caminhões estarão na usina para iniciar a limpeza para que volte a funcionar o mais rápido possível. Um engenheiro irá visitar hoje à tarde o local para avaliar se a estrutura do galpão foi comprometida. Ronaldo disse que irá apresentar o fato ao Secretário Estadual de Meio Ambiente que esteve na inauguração da Usina em 21/11/2007 e pedirá ajuda para colocar a usina em funcionamento novamente e também exigirá reforço para que as investigações sobre os criminosos tenha sucesso.

A Polícia Militar foi a primeira a comparecer no local e acionou o corpo de bombeiros de Manhuaçu. Participaram da operação os bombeiros Sgto Cláudio, Sd Ferreira, Sd Cota e Sd Alex. Foram utilizados aproximadamente 35 mil litros de água para conter o incêndio.

Fotos José Weber e Beto – Texto Portal Manhumirim – 10/01/09 – 19:23

Sobre o Autor

has written 4419 stories on this site.

Webmaster do Portal Carangola. admin@portalcarangola.com

Escreva seu comentário

Gravatar são pequenas imagens que podem mostrar sua personalidade. Você porde pegar o seu gravatar grátis!

Seu nome e email serao checados,se não forem validos, seu comentário não será publicado

Seu email será CHECADO mas não será divulgado

Copyright © 2019 Portal Carangola . All rights reserved. Powered by Webmaster webmaster@portalcarangola.com