Foi um ano bom… – Por: Adriano Bibop

Enfim chegou dezembro. Um ano cheio de realizações, desafios, oportunidades, aprendizados, aborrecimentos, tristezas, alegrias, dores, esperanças, pitadas de alguma magia salpicada em momentos únicos e doses cavalares de realidade fria e crua passou com a mesma velocidade de um piscar de olhos. O Brasileirão acabou, Papais-Noéis começam a aparecer nos shoppings e nas propagandas de TV, sete ministros caíram no primeiro ano de governo Dilma, seis por denúncias de corrupção. Ocupações e pacificações povoaram os noticiários, mas não foram tão pomposos quando um certo casamento no Palácio de Buckingham.

Perdemos a Copa América em quatro pênaltis, a seleção feminina de vôlei voltou a ser a seleção que conhecemos, ‘Cesão’ Cielo continuou o mais rápido do mundo. O Brasil foi razoavelmente bem no Pan-americano, Michael Jordan foi de herói à vilão no basquete dos Estados Unidos e vimos um espetáculo sangrento chamado UFC parar o Rio de Janeiro, onde nomes como Minotauro, Anderson Silva e Maurício Shogun foram histericamente gritados por marmanjões apaixonados. Sebastian Vettel foi seguidamente o alemão da vez na Fórmula 1.

O Rock in Rio foi um sucesso “entre aspas” de organização. Shows como os de Ivete Sangalo, Cláudia Leite, Elton John e Stevie Wonder mostraram que nem todos os dias foram “de rock, bebê…” O SWU recheado de chuva e lama fizeram vários malucos lembrarem certamente de Woodstock.

Uma piada sobre um bebê mudou a cara de um dos melhores programas dos últimos tempos. Vídeos sobre esse episódio inundam a internet até hoje.

José de Alencar morreu de câncer, Stevie Jobs também, mas foi a morte do meu “tio” Douglas que me deu a dimensão da quão destruidora é essa doença. Lula briga contra a doença, Gianecchini também. Amy, por incrível que pareça, morreu de ironia e o médico monstro que  tirou Michael Jackson do mundo foi preso. O esporte perdeu Joe Fraser, Sócrates, Luiz Mendes…

Seja como for, foi um ano bom. Talvez mais pra uns, menos pra outros, mas no geral, foi bom.

Que venha 2012!!!


Ofertas

 

Sobre o Autor

has written 16 stories on this site.

Adriano Bibop, Carangolense que atualmente reside em Campinas/SP, 34 anos, trabalha como Desenhista Projetista, escreve para o Blog CulturaLivre do Portal BopNet e também está publicando seu primeiro livro.

Escreva seu comentário

Gravatar são pequenas imagens que podem mostrar sua personalidade. Você porde pegar o seu gravatar grátis!

Seu nome e email serao checados,se não forem validos, seu comentário não será publicado

Seu email será CHECADO mas não será divulgado

Copyright © 2017 Portal Carangola . All rights reserved. Powered by Webmaster webmaster@portalcarangola.com