Fogo na Ponte! Povo pede socorro

Ainda há um mistério no incêndio acontecido na madrugada de quarta feira (03/02/10), que danificou parte da ponte da Vila Cachoeirinha em Manhuaçu MG. Na ocasião, após ter averiguado a situação, a Polícia Militar constatou indícios que levaram a crer, que seria um incêndio criminoso para chamar atenção e até o momento, não foi encontrado nenhum suspeito.

Já faz muitos anos que os moradores da Vila vem reivindicando uma nova ponte, e que fosse feita de cimento, o que não aconteceu até hoje. Após a ponte ser queimada, a secretaria de obras enviou funcionários com um caminhão de madeiras para reforçar a ponte.  Segundo o Secretário Municipal de Obras, José Carlos, o objetivo era deixar a passagem de forma normal.

A travessia na ponte, há mais de um ano vinha apresentando perigo aos pedestres e motoristas. Desde o início de 2009, quando ela foi afetada por enchente, a situação ficou ainda mais preocupante. Ao passar pela ponte, toda madeira tremia e quem estava num veículo sentia medo. Em fevereiro do ano passado, os moradores da Vila já haviam feito reivindicação para que fosse construída uma ponte mais reforçada de cimento, e nada foi feito.

De acordo com o Sec. José Carlos, algum tempo após a ponte ser danificada, em 2009, funcionários do SETOP (Secretaria de Estado de Transportes e Obras Públicas) estiveram no local a fim de avaliar a situação e formalizar um pedido de verba para reconstrução, mas como o tempo foi passando e nada foi resolvido, o Prefeito Sérgio Breder, solicitou um pedido de projeto a um engenheiro da prefeitura e segundo o secretário, o projeto estava pronto e agora o processo entrava em período de licitação para começar a obra que seria custeada pela prefeitura.

Na manhã de quinta feira, revoltado com o material que a prefeitura havia encaminhado para reforçar a ponte, por ser pouco resistente, a população da Vila Cachoeirinha, em protesto, impediu o trânsito nos dois sentidos da Rodovia dos Estudantes, reivindicando melhorias, já que a provisória fora queimada. Durante trinta minutos, o trânsito ficou interrompido até a chegada da Polícia Militar, que contornou a situação. Em seguida, o capitão Luciano Reis da PM, encaminhou os manifestantes até a Secretaria de Obras para negociação com o vice-prefeito Adejair de Barros. O morador da comunidade Dionísio Gomes Focca, disse que a comunidade está totalmente abandonada, e que precisa ser olhada com mais carinho, e que a manifestação foi mesmo para chamar atenção. De acordo com o vice-prefeito, a construção da nova ponte começará imediatamente, com ou sem ajuda Governamental.

Ainda não se sabe quem foi o responsável, mas o que todos sabem é que foi uma forma de chamar a atenção das autoridades. A ponte da Vila Cachoeirinha, situada na saída de Manhuaçu para Luisburgo, próximo ao Manhuaçu Kart, foi incendiada na madrugada desta quarta-feira. Até o momento não existe suspeito e sabe-se que foram usados pneus para praticar o ato.

Fonte:Theógenes Nazaré

Ofertas

Sobre o Autor

has written 4495 stories on this site.

Webmaster do Portal Carangola. admin@portalcarangola.com

Escreva seu comentário

Gravatar são pequenas imagens que podem mostrar sua personalidade. Você porde pegar o seu gravatar grátis!

Seu nome e email serao checados,se não forem validos, seu comentário não será publicado

Seu email será CHECADO mas não será divulgado

Copyright © 2020 Portal Carangola . All rights reserved. Powered by Webmaster webmaster@portalcarangola.com