Em Divino mulher é morta a pauladas pelo marido e em Carangola um homem é baleado em casa.

Dois assassinatos foram registrados em cidades da região, na noite passada (30). No caso mais brutal, em Divino , uma mulher foi morta a pauladas pelo próprio companheiro, que foi preso pela Polícia Militar e trazido para Muriaé. Já em Carangola, um homem foi assassinado com um tiro as costas na varanda de sua casa.
Divino
De acordo com o boletim de ocorrência da PM, Maria Cristina de Freitas, de 28 anos, foi morta pelo marido – de 27 anos -, no quintal de casa, na região central da cidade, por volta das 23h e 25. A arma do crime foi um “toco” de lenha e a vítima foi golpeada na cabeça e nos braços, ficando seu corpo caído no local.
O suspeito fugiu, mas após intensos rastreamentos, foi localizado por militares e apresentado à Polícia Civil, no Plantão da Delegacia Regional, no bairro Safira, em Muriaé.
O crime teria acontecido após o casal chegar da casa de amigos e começar a discutir. Ainda segundo o registro policial, familiares da vítima contaram que ela e o amásio haviam se separado, mas recentemente reataram o relacionamento e, aparentemente, estavam vivendo bem.
Maria Cristina era mãe de quatro filhos. Seu corpo foi trazido para IML de Muriaé, após a perícia da Delegacia do Safira realizar os trabalhos técnicos na cena do crime, e depois, retornaria para Divino, para os procedimentos de velório e sepultamento.
Carangola
Pouco depois das 22h, um homem de 33 anos foi baleado nas costas, na varanda de sua residência, em Carangola e teria dado entrada já sem vida na Casa de Caridade daquela cidade.
Segundo o registro da Polícia Militar, familiares que estavam na casa relataram que o rapaz foi até a varanda frontal e no momento em que se virou para entrar novamente na casa, foi baleado por uma pessoa não identificada, que teria atirado do alto de um barranco, a cerca de 10 metros de distância.
Ainda de acordo com o boletim de ocorrência, a esposa da vítima contou que seu marido estava se negando a pagar dívidas contraídas junto à pessoas oriundas de Muriaé e Rio de Janeiro, que ela não conhece e que teriam envolvimento com tráfico de drogas.
A PM chegou a realizar rastreamentos, mas nenhum suspeito foi preso e o caso será investigado por policiais civis da Delegacia de Carangola.


Fonte : Rádio Muriaé / Fotos: oimpacto.net

Sobre o Autor

has written 4496 stories on this site.

Webmaster do Portal Carangola. admin@portalcarangola.com

Escreva seu comentário

Gravatar são pequenas imagens que podem mostrar sua personalidade. Você porde pegar o seu gravatar grátis!

Seu nome e email serao checados,se não forem validos, seu comentário não será publicado

Seu email será CHECADO mas não será divulgado

Copyright © 2020 Portal Carangola . All rights reserved. Powered by Webmaster webmaster@portalcarangola.com