Canil volta a receber animais recolhidos nas ruas.

Alvo constante de reclamações por parte da população, os animais soltos pelas ruas da cidade vão voltar a ser recolhidos em Manhuaçu. O Canil Municipal, próximo ao aterro de lixo, está pronto para voltar a receber os cães que perambulam pelas ruas espalhando sujeira, transmitindo doenças e ameaçando as pessoas.
Segundo a coordenadora da Vigilância Ambiental, da Secretaria Municipal de Saúde, Emilce Estanislau, o canil está com capacidade para receber até oitenta animais. O local conta com dois servidores gerais, um motorista e um médico veterinário para a prestação de serviço. Além do canil preparado para receber os cães, um carro também ficou pronto esta semana para realizar a busca e o recolhimento de animais pelas ruas da cidade e de todo o município. O veículo foi completamente reformado e ganhou uma nova carroceria, que traz mais segurança para os animais e servidores.
A volta ao funcionamento do canil visa diminuir o número de animais soltos. O recolhimento, além de representar mais segurança para a população, também é um cuidado com os cães. “Os animais que chegarem ao canil vão passar por uma triagem e, dependendo do estado de saúde, são castrados, recuperados e se não houver quem os adote eles são soltos” – explicou Emilce Estanislau. A coordenadora lembrou que a grande maioria dos animais normalmente são adotados por pessoas que levam os animais para casa.
A interrupção no trabalho de recolhimento de animais ocorreu devido a necessidade de processo de readaptação para implantação das modificações exigidas por um TAC – Termo de Ajustamento de Conduta. Uma das exigências é a transferência do espaço físico para outro local, que seja mais adequado, o que ainda será feito. “Houve a necessidade também da compra de uma série de medicamentos que tem que atender um critério de licitação, num processo um pouco mais moroso, então não adiantaria recolher os animais e não abriga-los e trata-los da maneira adequada” – disse Emilce Estanislau. Com a falta de medicamentos o recolhimento de animais nas ruas havia sido praticamente zerado pela falta de condições de um atendimento adequado ao animal.

NOVO CANIL
O secretário de Saúde, José Rafael de Oliveira Filho, destacou que um novo canil para substituir o atual, será implantado na saída de Manhuaçu para Simonésia. “A obra já deveria estar em andamento onde hoje funciona o matadouro municipal, que será desativado. Assim que for realizada a desocupação do local, imediatamente nós começamos a construção do canil” – afirmou o secretário. “A gente sentia a necessidade da mudança para novas instalações, maiores e mais adequadas. Eu espero que até início do ano que vem esta obra seja concluída” – completou.
O local onde hoje funciona o matadouro, será desocupado em breve. A distribuição de carnes será assumida por um frigorífico. “Até lá nos vamos fazer o recolhimento de animais soltos nas ruas de uma maneira ainda meio ‘incipiente’, aquém da necessidade do município, mas pelo menos retomando as atividades” – afirmou Emilce Estanislau.

COMISSÃO DA ASSEMBLÉIA
Nesta segunda-feira, 13, a Comissão Extraordinária de Proteção dos Animais da Assembleia Legislativa de Minas, fez uma visita às instalações do canil. Segundo o deputado Noraldino Junior, presidente da Comissão, o objetivo com a visita foi conhecer a situação e buscar com a Prefeitura uma solução para a triste realidade que nós temos visto em várias cidades.
O deputado também comentou sobre as discussões em torno da criação, pelo Governo de Minas, de uma Subsecretaria para Proteção aos Animais. O programa estadual de políticas públicas de proteção animal vai incluir desde a prevenção, o trabalho educativo – de conscientização para mudar a concepção da população com relação aos animais bem como ações de políticas públicas para os animais.
O controle ético de animais, um sistema estadual de castração, atendimento veterinário público para os animais e parcerias com prefeituras seriam algumas das ações da sub-secretaria e o programa estadual de políticas públicas. As ações podem ser desenvolvidas através de parcerias entre o Governo do Estado e municípios. De acordo com o deputado Noraldino Junior, esse é um projeto que requer. “Estamos visitando outros estados como São Paulo e Rio de Janeiro para fazer a avaliação da metodologia utilizada e trazer o que deu certo para Minas Gerais, para que possamos ser uma referência na proteção dos animais” – destacou.
O crescimento da população animal foi citado pelo deputado Noraldino Junior como uma consequência dos atos dos humanos. “A quantidade de pessoas que pegam e antes do primeiro ano abandonam os animais nas ruas é uma realidade em todo o estado” – comentou. “É necessário um trabalho de conscientização para a população. Isso é um trabalho de prevenção e também vai economizar recurso público” – concluiu.
Sobre denúncias de extermínio no canil municipal, a coordenadora de Vigilância Ambiental, Emilce Estanislão, informou à Comissão Extraordinária que não procede. Segundo ela, todo animal que tem a necessidade de ser eutanaziado, passa pelo critério médico veterinário, atendendo portaria do Conselho Regional de Medicina Veterinária Federal. “Os animais que morrem atropelados no asfalto ou nas casas das pessoas, a autarquia que faz o recolhimento de lixo também recolhe esses animais e traz e deposita numa área que está muito próxima a nossa, então daí a confusão de achar que o animal que está ali foi morto pelo canil” – lembrou. “A gente acabou sendo vítima dessa proximidade com o local onde é depositado esses animais mortos” – disse a coordenadora. Ela acrescentou que não existe uma entidade protetora dos animais regularizada no município para assumir parceria com o Governo visando o cuidado com os animais.

Secretaria de Comunicação Social de Manhuaçu

Sobre o Autor

has written 4392 stories on this site.

Webmaster do Portal Carangola. admin@portalcarangola.com

Escreva seu comentário

Gravatar são pequenas imagens que podem mostrar sua personalidade. Você porde pegar o seu gravatar grátis!

Seu nome e email serao checados,se não forem validos, seu comentário não será publicado

Seu email será CHECADO mas não será divulgado

Copyright © 2019 Portal Carangola . All rights reserved. Powered by Webmaster webmaster@portalcarangola.com