Bispo Dom Corrêa é sepultado em Caratinga

Dom Corrêa

Foi sepultado, na noite de hoje, 29, o bispo emérito de Caratinga, Dom José Eugênio Corrêa. Ele estava internado no Hospital Santa Casa de Misericórdia, em Juiz de Fora (MG) e morreu de insuficiência respiratória. Dom Eugênio estava com 95 anos e foi ordenado bispo em 1957.

Nascido na cidade de Lima Duarte (MG), o bispo emérito de Caratinga estudou Filosofia no Seminário Maior de Mariana (MG). Posteriormente, mudou para a Itália, onde cursou Teologia na Pontifícia Universidade Gregoriana, em Roma. Dom Eugênio foi bispo de Caratinga de 1957 a 1978.

O corpo do bispo cheguou à cidade nas primeiras horas de hoje. A última missa acontecerá às 19h. Logo após, será realizado o sepultamento, na própria Catedral, na Cripta, onde estão sepultados os corpos de mais três bispos.

Desde cedo, o corpo está sendo velado na Catedral de Caratinga, cidade em que viveu durante 21 anos, enquanto era o bispo diocesano. O corpo foi velado em Juiz de Fora, onde vivia ultimamente, durante a tarde e noite desta quinta.

INTERNAÇÃO

No início desse mês de janeiro, Dom José Eugênio Corrêa havia sido internado na Santa Casa, em Juiz de Fora, vítima de uma pneumonia. O bispo, após alguns dias, teve alta e voltou para a paróquia São José, onde ele residia. No início da semana, um pouco inchado, Dom Corrêa voltou a ser internado com problemas pulmonares. Ele já apresentava problemas respiratórios nos últimos anos, mas sua lucidez era incontestável.

O Bispo Dom José Eugênio Corrêa nasceu em 30 de maio de 1914, na cidade de Lima Duarte, na Zona da Mata. Em 1941, Dom Corrêa teve sua ordenação presbiterial em Roma, Itália. Em 1957, foi ordenado bispo da diocese de Caratinga e permaneceu na cidade até 1978, antecedendo o atual bispo, Dom Hélio Gonçalves Heleno.

Monsenhor Raul revelou que foi ordenado como Vigário Geral da Diocese de Caratinga, em 1998, em Inhapim, por Dom Eugênio. Eles moraram juntos em Caratinga de 1959 à 1962. Em Manhuaçu, o Padre Júlio Pessoa Franco foi ordenado sacerdote em 1958 pelo bispo Dom Corrêa.

Dom Corrêa foi um dos fundadores da antiga FUNEC. Ele promoveu a vinda de vários professores para Caratinga tornando o sonho de uma universidade na cidade real.

“Um homem culto, que estudou em Roma, e desde que chegou à Caratinga empenhava-se em um trabalho ligado diretamente com o povo. Incentivador da catequese, principalmente, para os adultos e muito inovador… Dom José Eugênio Corrêa já incentivava os agora chamados grupos de reflexão, antes mesmo da definição deste trabalho no Concílio Vaticano II, no qual esteve presente. Ele era uma pessoa à frente de seu tempo!”, contou Monsenhor Raul.

Em 2007, concedeu uma entrevista sobre os 50 anos de Bispo e foi definido pela imprensa como: ‘lúcido, conciso e exato’. Em 2008, em mais uma entrevista na Revista Diretrizes ele comentou o cinquentenário da publicação, que foi idealizador, escritor e impulsionador.

SEPULTAMENTO

A última missa aconteceu às 19h com a presença do Arcebispo de Juiz de Fora e do Bispo Dom Hélio. Logo após, foi realizado o sepultamento, na própria Catedral, na Cripta, onde estão sepultados Dom Carloto, Dom Lara, Dom Cavatti e, excepcionalmente, Monsenhor Rocha.

Dom José Eugênio Corrêa ajudou a construir a história da Diocese de Caratinga, muito fez para Juiz de Fora e teve grande importância religiosa na vida de milhares pessoas.

Fonte: Portal Caparaó -Carlos Henrique Cruz – Com informações da TV Super Canal – contato@portalcaparao.com.br

Ofertas:

[secvitrine/igrejas/291129]

Sobre o Autor

has written 4500 stories on this site.

Webmaster do Portal Carangola. admin@portalcarangola.com

Escreva seu comentário

Gravatar são pequenas imagens que podem mostrar sua personalidade. Você porde pegar o seu gravatar grátis!

Seu nome e email serao checados,se não forem validos, seu comentário não será publicado

Seu email será CHECADO mas não será divulgado

Copyright © 2020 Portal Carangola . All rights reserved. Powered by Webmaster webmaster@portalcarangola.com