Auxílio emergencial: quem teve conta bloqueada na Caixa pode sacar nas agências.

Quem não está conseguindo movimentar a conta pelo aplicativo Caixa Tem poderá se dirigir a uma agência da Caixa para sacar o auxílio emergencial

A Caixa Econômica Federal garantiu nesta segunda-feira (03/08) que quem teve a conta do Caixa Tem bloqueada não vai precisar esperar o desbloqueio para acessar os recursos do auxílio emergencial de R$ 600. O benefício poderá ser sacado em uma agência da Caixa, de acordo com o calendário de pagamentos do programa.

“Há a possibilidade de sacar o valor recebido na própria agência. Esta possibilidade existe exatamente para que não se prejudique o próprio cliente, que obviamente já foi prejudicado porque não conseguiu realizar o saque no momento inicial”, esclareceu o presidente da Caixa, Pedro Guimarães.

Guimarães falou sobre o assunto em live da Caixa, após ser questionado por uma internauta que não está conseguindo usar o Caixa Tem porque teve sua conta bloqueada sobre o que deve fazer para movimentar o seu benefício. Ele lembrou que muitas das contas que foram suspensas no mês passado são suspeitas de fraude e, por isso, só podem ser reativadas em uma agência da Caixa de acordo com as datas de atendimento informadas pelo banco.

Nesta semana, por exemplo, é a vez dos nascidos em junho e julho procurarem uma agência para fazer o desbloqueio. Na próxima, dos nascidos em agosto, setembro e outubro. Só na semana entre 17 e 21 de agosto, será feito o atendimento dos nascidos em novembro e dezembro. “Agora, nós temos a possibilidade de realizar o saque, mesmo que tenha tido a conta bloqueada”, ponderou Guimarães.

Ele explicou que, neste caso, a conta ficará sem movimentações pelo Caixa Tem até ser validada e desbloqueada. Por isso, o cidadão não poderá usar os R$ 600 de forma digital. É possível, contudo, procurar uma agência da Caixa para sacar o auxílio emergencial no dia marcado para o próximo saque do benefício. Ou seja, de acordo com o calendário de pagamento do benefício, que foi divulgado no último dia 16 e pode ser consultado no Caixa Tem.

 

    Hackers invadiram contas do Caixa Tem

No fim de julho, o Ministério da Cidadania pediu que 1,3 milhão de CPFs fossem bloqueados no Caixa Tem. O bloqueio foi efetuado após o governo descobrir que hackers estavam invadindo as contas do Caixa Tem para desviar os pagamentos do auxílio emergencial de R$ 600.

Segundo a Caixa, 49% das contas que foram bloqueadas têm inconsistências cadastrais que podem ser resolvidos pelo próprio aplicativo, mediante o envio de documentos. As outras 51%, contudo, são suspeitas de fraude. Por isso, só terão a conta desbloqueada presencialmente, no calendário mencionado acima. A orientação sobre o desbloqueio pode ser encontrada no Caixa Tem.

“Nós bloqueamos as contas com indício de hackeamento. Não significa dizer que o cliente fez algo de errado. Mas alguém hackeou e a conta foi bloqueada. Para que as pessoas possam receber, normalizar suas contas, elas têm que ir a uma agência da Caixa para validação dos dados”, afirmou Guimarães. A Caixa está investigando a ação dos hackers junto com a Polícia Federal.

 

Estado de Minas / Foto: Edésio Ferreira/EM/D.A Press 

Sobre o Autor

has written 4495 stories on this site.

Webmaster do Portal Carangola. admin@portalcarangola.com

Escreva seu comentário

Gravatar são pequenas imagens que podem mostrar sua personalidade. Você porde pegar o seu gravatar grátis!

Seu nome e email serao checados,se não forem validos, seu comentário não será publicado

Seu email será CHECADO mas não será divulgado

Copyright © 2020 Portal Carangola . All rights reserved. Powered by Webmaster webmaster@portalcarangola.com