Manhuaçu monta operação de guerra contra o Aedes Aegypti.

Todo começo de ano o combate ao mosquito Aedes aegypti é intensificado, isso porque no período de verão os números de casos aumentam demasiadamente. Para enfrentar essa situação, a coordenação de Vigilância Ambiental, com o trabalho diário dos agentes de combate a endemias já está acontecendo, e vai ganhar o reforço dos ACS – Agentes Comunitários de Saúde nessa guerra. O trabalho do Governo de Manhuaçu, por meio da secretaria de Saúde, será intensificado ainda mais para evitar que o município tenha uma epidemia de dengue, ou que as novas doenças também transmitidas pelo mesmo mosquito, cheguem a cidade. Dos sete dias da semana, as equipes vão trabalhar seis na caça e combate ao transmissor da dengue, febre Chikungunya e o Zica Vírus.
“Por meio da Portaria 2121 de 18 de dezembro de 2015, o Ministério da Saúde coloca o Agente Comunitário como um dos principais atores nessa campanha. Antes só atuavam agentes de combate a endemias e alguns contratados, mas o Ministério achou por bem convocar os ACS para enfrentar esse desafio. O agente vai ter um papel fundamental porque dentro do programa de Atenção Básica, ele é o elo de ligação entre os programas de saúde e a comunidade. Ninguém dentro da secretaria conhece a área de atuação melhor que o ACS, porque é o dia a dia dele. Estão convivendo com as pessoas, visitando as casas e sabendo em que condições encontram e a situação em que estão vivendo. Essas informações com as novas ações para essa campanha de 2016 vão ser bem ativas e eficazes” – explica o secretário de Saúde, José Rafael de Oliveira.
Em 2015, o número de casos suspeitos de dengue em Manhuaçu foi em torno de 200 registros. Até o último dia do ano, cerca de 60 se confirmaram. Os dados são da Vigilância Ambiental, e mesmo sendo menores que no ano anterior, ligou o sinal de alerta, uma vez que a grande maioria foi registrada no final do ano, com a chegada do verão. “Temos acompanhado desde o final de setembro de 2015 um aumento significativo tanto da infestação do mosquito, quanto do registro dos casos suspeitos da doença no nosso município, que vem acompanhando o que tem acontecido no Brasil. Com isso, há a necessidade de iniciar uma grande companha para que o combate se torne efetivo e possamos conter uma possível epidemia em Manhuaçu. Nós temos o vetor, precisamos apenas de um doente para começar a proliferar a doença” – alerta Emilce Estanislau, coordenadora da Vigilância Ambiental.
O trabalho de combate já vinha sendo intenso, e com a ajuda da população os resultados foram satisfatórios, mantendo-se dentro do índice. Mas em todo país os números da dengue estão crescendo, e a evolução rápida do Zica Vírus, que apresenta sintomas mais brandos, porém podendo provocar complicações como microcefalia nos bebês de mulheres infectadas durante a gravidez e a síndrome de Guillain-Barré, assustam. Por isso a portaria do Ministério da Saúde determina ainda a vistoria de 100% dos imóveis do município nos meses de janeiro, repetindo a ação em fevereiro, e nos meses sequentes. Até junho mais duas ações serão realizadas, obrigatoriamente.
De acordo com o secretário de Saúde, para que o município tenha sucesso nessa empreitada, é necessário que a população se sensibilize, haja visto que ainda existe boa parte resistente ao trabalho do agente, não permitindo a entrada em suas casas ou estabelecimentos. “O que vai fazer a diferença nessa campanha é a participação popular. Todo cidadão está convocado para que dentro da sua área de atuação, desempenhe o que ele puder dentro dessa campanha. Nós temos que eliminar o transmissor que é o Aedes aegypti” – enfatiza José Rafael.
Por parte do Governo de Manhuaçu, a secretaria de Saúde vai garantir que todas as ações sejam realizadas a fim de não deixar o mosquito nascer. Além do trabalho dos agentes, o município adotou as campanhas “10 minutos contra a dengue” e “Sábado da faxina”, uma do Governo do Estado outra do Ministério da Saúde, e também criou a campanha “Manhuaçu contra o Aedes”. Mas nenhuma delas terá efeito se a população não fizer a sua parte, por isso não fecha a porta para o agente.

Secretaria de Comunicação Social de Manhuaçu

Sobre o Autor

has written 4354 stories on this site.

Webmaster do Portal Carangola. admin@portalcarangola.com

Escreva seu comentário

Gravatar são pequenas imagens que podem mostrar sua personalidade. Você porde pegar o seu gravatar grátis!

Seu nome e email serao checados,se não forem validos, seu comentário não será publicado

Seu email será CHECADO mas não será divulgado

Copyright © 2019 Portal Carangola . All rights reserved. Powered by Webmaster webmaster@portalcarangola.com